Loading...

Organização e Decoração: o que têm em comum e como podem lhe ajudar

Home / Artigos / Organização e Decoração: o que têm em comum e como podem lhe ajudar

Depois de falarmos sobre as semelhanças e sinergias entre Feng Shui e Organização e Feng Shui e Decoração, é a vez de falarmos de Organização + Decoração, um tema cada vez mais abordado no universo de personal organizers, decoradoras(es) e designers de interiores.

Não por acaso já tem algum tempo que as escolas de Professional Organizing no Brasil colocam em suas grades cursos como os de “Decoração Prática para personal organizers”. O motivo é muito simples, embora antes não fosse tão observado: é praticamente impossível uma organizadora profissional implementar metodologias e soluções sem se envolver com a decoração do local, ou esbarrar em problemas que lhe exijam conhecimentos de design de interiores.

Isso porque se antes havia um foco exclusivo na organização interna de armários, closets e afins, hoje já se entende que o trabalho de uma organizadora também compreende a organização do ambiente como um todo, o que inclui lidar com mobiliário, quadros, objetos decorativos, plantas etc.

Além de implementar soluções que garantam funcionalidade e praticidade no dia a dia de clientes, a personal acaba participando de decisões que contemplam a decoração dos espaços organizados. Muitas vezes são elas que auxiliam e/ou contratam profissionais como marceneiros para obter um móvel que atenda a demanda de seus clientes. Exemplo: sapateiras, prateleiras, calceiros, armários de bijoux, displays para acessórios, dentre outros.

Muitas também são convidadas a opinar na escolha de novos ornamentos, obras de arte e pintura da casa. Daí a importância de conhecerem os diversos estilos de decoração, tipos de materiais adequados a cada necessidade, Psicologia das cores e tudo que envolve uma decoração mais profissional.

Graças a isso, crescem também as parcerias em projetos cruzados ou equipes multidisciplinares, atuando na transformação de ambientes. Se a demanda ultrapassa os conhecimentos de uma organizadora, ou ela não deseja perder seu foco, entra em cena a(o) decorador(a) ou designer de interiores, de acordo com cada caso.

Seja uma parceria espontânea ou previamente planejada, uma coisa é certa: estamos diante de um momento em que, cada vez mais, profissionais envolvidos na harmonização de ambientes começam a formar “times” e olhar essa demanda de indivíduos e famílias com um olhar mais sistêmico.

Lembrando que harmonizar significa “combinar elementos em um ambiente, de modo a proporcionar, saúde, bem-estar satisfação a quem o ocupa”. Sem dúvida algo muito subjetivo, desafiador e repleto de tarefas que podem envolver desde arquitetos, decoradores, designers e organizadores, até consultores de Feng Shui, cromoterapeutas, aromoterapeutas, radiestesistas, conhecedores de cristais…

O mais importante? Seu cliente totalmente satisfeito. 😉

Comments(0)

Leave a Comment